ipiranga Prefeitura fecha Parque Independência

Curta e Siga Paulista FM
1

Independência e o Museu do Ipiranga foram fechados na terça-feira (27) pela SVMA (Secretaria do Verde e do Meio Ambiente). A decisão foi tomada após ter sido confirmada a causa da morte de um macaco do tipo sagui por febre amarela na região. A reabertura está prevista para 30 dias. Estima-se uma frequência de 48 mil pessoas por mês no parque.
“É preciso que os munícipes se conscientizem de que a única forma de vencermos o vírus da febre amarela é nos vacinarmos. O vírus continua circulando pela copa das árvores e a vacinação é a única maneira de nos protegermos. Antes de ingressar em um parque, espere pelo menos 10 dias após a vacinação”, alerta o secretário do Verde e do Meio Ambiente, Eduardo de Castro.
Os portões fechados pegaram os frequentadores de surpresa que ficaram bastante irritados e preocupados. “É um absurdo um Parque com a importância que ele tem estar abandonado deste jeito. A febre amarela está aumentando por causa do descaso com a saúde”, lamentou a dentista Débora Frigerio.
O denso bosque, que fica atrás do Museu do Ipiranga, onde o macaco foi encontrado conta com 71 espécies naturais da cidade de São Paulo, 40 exóticas e 13 não identificadas. Das 160 identificadas que compõem o Parque da Independência, 91 aparecem somente no bosque e 36 ocorrem em outros setores, mas não no bosque e conta com uma freqüência comum de macacos sagüi entre as árvores do bosque.


O prazo de 10 dias é uma recomendação da Secretaria Municipal da Saúde, pois é o tempo necessário para o munícipe estar imunizado contra o vírus, para frequentar os parques sem risco de infecção.
O local está com faixas de alerta com relação ao risco da doença, enquanto a SMS (Secretaria Municipal da Saúde) intensifica a campanha de vacinação no bairro, por meio da conscientização nas redes sociais. O parque tem previsão de reabertura para o dia 27 de abril, sexta-feira. A recomendação é a de que, neste período, moradores e frequentadores do local que ainda não tenham se vacinado procurem uma unidade de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *