Marcelly Morena ainda não não se conforma com morte de Marielle Franco

A cantora Marcelly Morena, que trabalha com Karlos e se tornou a primeira passista trans da história Acadêmicos do Grande Rio ao desfilar no Carnaval deste ano, afirma não se conformar com a morte da vereadora Marielle Franco no dia 14 de março.
“Assim como 80% da população, penso que foi a maior covardia do mundo. Ela era uma mulher que lutava e brigava por direitos iguais, levantava a bandeira LGBT, falava sem medo de agir ou pensar. Só mandava papo reto, era querida, lutava pelos direitos humanos independente do que a pessoa fez, lutava pelas mulheres negras. Foi a maior sacanagem do mundo e a maior covardia o que fizeram com ela”, lamenta Marcelly Morena.
“A Marielle defendia todo mundo, não só bandido como também polícia. Ela pensava em um direito de igualdade para todos. Estava querendo sempre o melhor e não defendia os bandidos, mas sim o direito que as pessoas têm. Afinal lei é lei”, completa a funkeira da dupla Karlos & Marcelly Morena.
 
Fabiano de Abreu 
Gestão geral grupo MF Press Global
My profile
Instagram @assessorfabianodeabreu e @escritorfabianodeabreu
* Thanks for posting, for exclusive interviews or characters for any topic, contact us in this email
* Gracias por publicar, más informaciones contacta en ese email
* Obrigado pela divulgação, para entrevistas exclusivas ou personagens para qualquer tema, nos contacte neste e-mail 
MF Press Global
Consultoria, comunicação, assessoria de imprensa e artística
Consultoria, comunicación, asesoria de prensa y artístico
Consulting, communication, press and artistic consultancy
www.pressmf.global – mf@pressmf.global 
 
BRASIL – PORTUGAL – USA – CHILE – ANGOLA
Contatos whatsapp:
Brasil +55 21 98132 4638
Portugal +351 93 989 5955
Angola +244 924 746 480
USA + 1 917 567 8767
Chile + 56 9 9944 5469
2 anexos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *